terça-feira, 25 de maio de 2010

Siba e a Fuloresta: Som e poesia de Nazaré da Mata/PE


Na Panela: Siba e Fuloresta.
Onde: Teatro Oi Futuro Ipanema
@@@@@

Mesmo com ingressos esgotados para todas as apresentações de Siba e a Fuloresta no projeto Oi Futuro Som, na unidade Ipanema da instituição cultural da empresa de telefonia, não arredei o pé da calçada, na esperança de algum desistente me vender o seu precioso ingresso. E assim foi. O disco Toda vez que dou um passo o mundo sai do lugar é muuuuuuito bom e seria péssimo perder a chance de conferir ao vivo. Grata surpresa! Os ritmos da região da Mata Norte de Pernambuco, este estado de cultura tão impressionante quanto a pobreza do seu sertão, foram contagiantes logo nas primeiras notas dos instrumentos de sopro que compõem, junto com os percussivos, a impagável Fuloresta, banda formada por carismáticos senhores captaneados pelo belo ragazzio Siba, esse mestre cirandeiro cosmopolita (!). A devoção desse pessoal às raízes da música que produzem, aliada ao profundo conhecimento dela que demonstram no palco, chega a ser comovente. Dez!

Nenhum comentário:

Postar um comentário